'Quem é golpista mostra na prática', diz Dilma ao responder sobre Aécio

'Quem é golpista mostra na prática', diz Dilma ao responder sobre Aécio

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (9), após participar da VII Cúpula do Brics, na Rússia, que “quem é golpista mostra na prática”, ao responder pergunta sobre as recentes declarações do presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), sobre o PT.

Na última terça (7), a presidente concedeu entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo” na qual disse que há setor da oposição “um tanto quanto golpista”. Em nota divulgada após entrevista de Dilma, Aécio Neves disse que o PT quer "inibir" as instituições e considera “discurso golpista” tudo o que contraria os interesses do partido.

Questionada sobre a repercussão da entrevista dela no Brasil e as críticas do senador tucano aoPT e ao governo, Dilma disse que não cabe a ela debater “o que acontece ou o que deixou de acontecer”.

 

Ela ressaltou que o Tribunal de Contas da União (TCU) ainda não apresentou o parecer final sobre as contas do governo - o órgão pediu explicações ao Planalto sobre as "pedaladas fiscais". Ela afirmou também que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não se pronunciou sobre pedido do PSDB para cassar o registro de candidatura da petista sob a alegação de que a campanha de 2014 teria sido financiada com dinheiro de corrupção.

“Neste sentido, é estranho que pré-julguem porque, como eu estou dizendo, ainda não há decisão. Estranho que se trate como tendo havido uma decisão. [...] Ao contrário, quem coloca como já tendo tido uma decisão está cometendo, eu acho, um desserviço para a instituição, um desserviço para o TCU e para o TSE. Não há nenhuma garantia de que qualquer senador da República possa, muito menos o senhor Aécio Neves, pré-julgar quem quer que seja e o que uma instituição vai fazer ou não”, declarou.

A presidente afirmou que não se deve discutir “quem é e quem não é golpista”. “Quem é golpista, mostra na prática sua tentativa e começa, por isso, a pré-julgar uma instituição”, disse.

 

Aécio Neves contesta
Após a fala de Dilma na Rússia, Aécio Neves afirmou, no plenário do Senado, que a petista fez “considerações absolutamente distantes da realidade”.  Ao comentar as declarações da presidente na Rússia, ele disse também que as falas dela foram “sem sentido”.

 

“A presidente busca criar um factoide a partir de algo que não é real, que não é verdadeiro”, disse o senador. “É absolutamente inacreditável a desconexão da presidente da República com a realidade. E o que eu percebo é que, mesmo sendo uma presidente que saiu do Brasil, se sente acuada pelos fatos, pela incerteza em relação ao seu próprio futuro”, declarou.

 
Aécio disse também que Dilma deveria olhar para os brasileiros "e dizer que errou, fracassou e falhou". O senador afirmou também que ela deveria explicar porque o Brasil registra "desemprego recorde, inflação saindo do controle, desaquecimento de toda a economica e juros na atmosfera".
 
"Não, senhoras e senhores, isso não é obra da oposição. A oposição não é golpista. E eu desafio a presidente da República a demonstrar em qual momento, em que instante, eu, como presidente do PSDB, dei qualquer declaração que não fosse de respeito à Constituição, que não fosse de respeito à soberania e independência das nossas instituições", completou.
 
 
 

 

G1