Quatro são presos em operação policial contra o tráfico de drogas em Itaporanga

Quatro são presos em operação policial contra o tráfico de drogas em Itaporanga

Três homens e uma mulher foram presos por associação ao tráfico de droga na manhã desta quarta-feira, 16, em uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar. Dois mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz de Itaporanga, Carlos Barreto, a pedido da delegacia local, foram cumpridos em duas residências.

Em uma das casas, localizada na Travessa Diocleciano Pereira Neves, a polícia prendeu Edilma Marques, de 24 anos, que está grávida de 4 meses. Com ela, os policiais apreenderam quatro pedras de crack, uma quantia em dinheiro e sacos plásticos possivelmente para embalar droga. Na casa dela também foram presos dois homens, ambos de Nova Olinda: Fernando Gomes Fernandes, de 25 anos, e Eduardo Cirilo de Sousa, conhecido como Pescocinho, de 23. Com o último, que já tem passagem por tráfico, foi apreendido cerca de um mil reais, dinheiro que pode ser proveniente do comércio de droga, conforme os policiais.

Na outra residência, localizada em um beco próximo ao setor conhecido como Antiga Vaca Leiteria, foi preso Cícero Gilberto de Oliveira, conhecido como Giba, de 48 anos. Com ele foram encontrados 23 papelotes de maconha e um cachimbo para o consumo de droga.

Conforme o delegado seccional Glêberson Fernandes, que coordenou o Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil durante a operação, todos serão autuados por associação para o tráfico de drogas e encaminhados à cadeia.

A investigação da Poolícia Civil e informações do serviço de inteligência do 13º batalhão culminaram com a operação, da qual participaram também vários policiais militares comandados pelo major Guimarães, subcomandante do batalhão.

Um dos envolvidos, Fernando Gomes, nega envolvimento com o tráfico. Ele disse informalmente aos policiais que apenas deu carona a Pescocinho, e este afirmou que o dinheiro apreendido com ele não é proveniente do comércio de droga.

Ao todo foram apreendidos R$ 1.364,00, oito celulares, 23 trouxinhas de maconha, quatro pedras de crack e dezenas de sacos plásticos que supostamente seriam utilizados para embalar droga