Quatro anos do caso Rebeca: PC diz ter identificado suspeito pelo crime, mas ele ainda não foi preso

Quatro anos do caso Rebeca: PC diz ter identificado suspeito pelo crime, mas ele ainda não foi preso

Neste sábado (11) completam quatro anos em que a estudante Rebeca Cristina, de 15 anos, foi encontrada morta com vários tiros na cabeça na Praia de Jacarapé, em João Pessoa.

Na tarde desta sexta-feira (10) o delegado que está a frente das investigações Glauber Fialho explicou que a polícia já tem o nome de um suspeito pelo crime e que o mesmo não foi preso porque o Ministério Público solicitou novas diligências sobre o caso.

Informações extra-oficiais dão conta de que o crime teria sido praticado por duas pessoas dentre elas,  um policial com cerca de 40 anos, cujo nome ainda não foi revelado.

Tereza Cristina,  mãe de Rebeca deu entrevista à imprensa e disse que ainda confia na Justiça dos homens e Deus e espera ansiosa para que o assassino da sua filha seja presa, “ quando isso acontecer eu quero apenas perguntar a ele: Porque você fez isso com a milha filha”, disse a mulher.

 

 


Paulo Cosme\Thaisa Aureliano