Quadrilha especializada em atacar carros fortes na região de São Paulo é presa

Quadrilha especializada em atacar carros fortes na região de São Paulo é presa
Integrantes do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) desfecharam uma importante ofensiva contra a principal quadrilha de ataques contra carros fortes do estado de São Paulo. Em uma ação coordenada 40 policiais invadiram ao mesmo instante três locais na região de Campinas. A precisão da operação permitiu prender oito envolvidos nessa modalidade de roubo sem nenhum disparo. Outro dividendo importante. Foram apreendidos cinco fuzis. Entre os armamentos está uma arma .50 antiaérea utilizada para destruir a blindagem dos veículos de transportes de valores. 
 
A ação aconteceu quando a quadrilha se preparava para atacar um carro forte na região de Campinas. Policiais da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio - 5ª Patrimônio (Delegacia de Investigações sobre Roubo a Bancos) - e com apoio da Divisão de Operações Especiais, que utilizou o GER e o Serviço Aerotático, conseguiram localizar três imóveis utilizados como bases operacionais do bando.
 
Em um dos locais foi apreendido um GM Vectra com os vidros traseiros preparados para encaixas o fuzil antiaéreo .50. A tática do bando era ultrapassar o carro forte e, aproveitando a camuflagem de um adesivo, atiravam no motor e nos vidros dianteiros do blindado. Os detidos são investigados em cinco ataques em diversas cidades do interior e a uma base operacional de uma empresa de transporte de valores.