‘PT deu golpe no povo brasileiro’, diz Cássio

‘PT deu golpe no povo brasileiro’, diz Cássio

O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), demonstrou a insatisfação com o governo da presidente Dilma Rousseff durante a 12ª Convenção Nacional do partido, neste domingo (05), realizada na capital federal.

Por ser líder do partido no Senado Federal, o senador paraibano compõe a executiva nacional do PSDB. Além de Cássio, outro paraibano, o ex-prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, representa o PSDB paraibano no Conselho Deliberativo do Instituto Teotônio Vilela.

Promessas falsas

Em discurso enfático, o senador paraibano, que chegou ao encontro ao lado de Aécio Neves e de Fernando Henrique Cardoso, afirmou que o Brasil vive a crise mais grave da história e que Dilma só se reelegeu porque mentiu para a população.

O líder enfatizou os equívocos entre as promessas da presidente durante a campanha eleitoral e as medidas tomadas por ela. “Chega. Basta. A nossa responsabilidade diante da crise é enorme”. O senador voltou a dizer que “o governo do PT não será derrubado, porque ele não é uma estrutura. Ele será limpo com benzina, porque é uma mancha”.

Novas eleições

Cássio defendeu novas eleições e explicou que elas são “a saída democrática para o fim desses desmandos”. Dirigindo-se ao presidente nacional do partido, afirmou: “Aécio, nós não perdemos a eleição para um partido político, fomos derrotados por uma organização criminosa. Não estamos aqui para defender golpe. Golpe foram eles que deram contra o povo brasileiro”.

 

 

 

 

 MaisPB