PT alega infidelidade partidária na ação protocolada reivindicando mandato do vereador Benilton Lucena

PT alega infidelidade partidária na ação protocolada reivindicando mandato do vereador Benilton Lucena

O PT de João Pessoa ingressou nesta quarta-feira (28) com uma ação por infidelidade partidária contra o vereador Benilton Lucena, alegando que o parlamentar ex-petista “traiu os princípios do partido”, ressaltou a presidente municipal da legenda Aparecida Diniz. Ela, acompanhada dos advogados, protocolou o recurso na Secretaria do Tribunal Regional Eleitoral, da Paraíba.

“Espero que a Justiça Eleitoral da Paraíba devolva ao PT o mandato do vereador (Benilton Lucena), já que ele foi eleito por uma coligação de partidos”, declarou Aparecida agora a pouco.

O Partido dos Trabalhistas se ampara em entrevistas recentes de Benilton, onde ele afirma que deixou a legenda petista “por causa da mudança de conceito do partido em relação a diminuição dos direitos dos trabalhadores”.

Expôs que “nessa situação não poderíamos ficar e também acompanhamos a decisão do prefeito Luciano Cartaxo”. Como não se trata de mudança de partido em caso de cargos majoritários, a situação do vereador ex-petista poderá se complicar. A expectativa é de resultado satisfatório do partido na ação impetrada contra Benilton.

“Essa é a nossa expectativa, porque quem traiu os princípios do PT foi o vereador Benilton, que saiu sem um motivo justo e não demos causa para a atitude dele. Assim, entendemos que cometeu infidelidade partidária e vamos em busca do mandato que pertence a partido”, enfatizou Aparecida.

 

 


Marcone Ferreira