PSOL desmente diálogo com o PT e garante pré-candidatura na eleição de João Pessoa

PSOL desmente diálogo com o PT e garante pré-candidatura na eleição de João Pessoa

Nesta segunda-feira (1º), o presidente estadual do PSOL, Tárcio Teixeira, disse ter sido surpreendido com a notícia acerca de uma declaração de Charlinton Machado, pré-candidato do PT a Prefeitura de João Pessoa nas eleições deste ano. O petista, em entrevista na TV Arapuan, falou sobre a possibilidade de um diálogo com o Partido Socialismo e Liberdade.

Teixeira desmentiu de pronto: “Essa notícia não procede, primeiro pela inconsistência das últimas pré-candidaturas do PT. Depois e, principalmente por isso, o PT é corresponsável pelo caos hoje estabelecido na Paraíba e em João Pessoa, presidem o país, estão na base do Governador e elegeram o Prefeito da Capital”.

O presidente estadual do PSOL entende que o PT não tem autoridade política para manter uma pré-candidatura devido sua aliança nacional com o PMDB de Cunha e Manoel Junior e suas relações com Ricardo (PSB) e Cartaxo (PSD), além das denúncias que envolvem o partido nacionalmente.

Tárcio é enfático ao tratar do embate eleitoral em João Pessoa: “Não tem o menor cabimento Charlinton lançar sua pré-candidatura e dizer que vai abrir diálogo com o PSOL, eu e Victor Hugo somos pré-candidatos à Prefeitura de João Pessoa pelo PSOL, teremos candidato majoritário e nossos aliados prioritários são partidos como o PCB, PSTU e PCR/UP”.

Seguindo os preparativos para o processo eleitoral das eleições 2016 o Diretório Municipal do PSOL em João Pessoa realizará uma plenária de filiados no dia 13 de fevereiro, às 13h30. A atividade iniciará com uma análise de conjuntura e em seguida serão debatidas aspectos legais e a montagem da chapa de vereador.

 

 

 

Paraíba.com.br