PSOL apresenta representação no Ministério Público contra Luciano Cartaxo

PSOL apresenta representação no Ministério Público contra Luciano Cartaxo

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) apresentou no Ministério Público da Paraíba uma representação contra o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), alegando assédio moral e perseguições contra os trabalhadores em educação do município.

A representação é de autoria do diretório municipal do partido em João Pessoa, tendo sido impetrada por Renan Palmeira, presidente do diretório, e Tárcio Teixeira, vice-presidente do diretório.

O prefeito Luciano Cartaxo tem feito declarações polêmicas contra os trabalhadores em educação do município. A categoria está em greve há 21 dias. O movimento já foi considerado como ilegal pela justiça, mas não tem previsão de término, de acordo com o sindicato.

O Diretório Municipal do PSOL repudiou a "prática autoritária, inconstitucional e anti-sindical conduzida pelo prefeito Luciano Cartaxo, lembrando os velhos tempos do regime militar onde os trabalhadores eram impedidos de realizar greves, manifestações e de lutarem pelos seus direitos".

 

 

 

Click PB