PSOL ainda está sem nomes majoritários para 2016; Avenzoar surge como opção

PSOL ainda está sem nomes majoritários para 2016; Avenzoar surge como opção

O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, disse que ainda é muito cedo para se falar em nomes do partido para as disputas majoritárias de 2016. “No atual momento, tem-se falado em Gobira, em Cajazeiras. Em municípios como Patos, Princesa Isabel, Souza, Santa Rita, Campina Grande e João Pessoa já é certo que teremos candidaturas majoritárias, no entanto, o debate dos nomes só ocorrerá mais adiante”, disse.

Galdino destacou novas filiações do PSOL no Estado. “Estamos constituindo o PSOL em municípios como Guarabira, Cacimba de Dentro, São João do Rio do Peixe, entre outros. Vamos agendar debates com esses municípios para tratarmos da organização do partido e de suas estratégias para o futuro próximo”, informou.

“Em João Pessoa ainda não discutimos a questão. Para João Pessoa, estamos pensando em nomes do partido que possam fortalecer para a disputa ao parlamento. O professor Nelson Junior, Tárcio Teixeira, Marcos Dias e Ciço Filho são alguns nomes que estão colocados”, disse.

Galdino disse ainda que a eleição dos primeiros vereadores do partido por munícipios paraibanos é desafio dos dirigentes do partido. “O PSOL cresce nos últimos processos políticos, com presença em lutas de categorias profissionais e dos trabalhadores em geral. Eleger vereadores sintonizados com essas bandeiras é fundamental e necessário para a atuação do PSOL”, comentou.

Embora o debate não tenha sido aberto no PSOL da Capital, Galdino revelou que o retorno do ex-deputado federal Avenzoar Arruda às disputas eleitorais seria importante. “Avenzoar Arruda poderia ser uma boa opção para a disputa à prefeitura. Mas ainda não conversamos com ele sobre essa questão”, afirmou.

 

 

 

 

Parlamento PB