"PSD é Dilma, mas não dificultará impeachment"

"PSD é Dilma, mas não dificultará impeachment"
 O ministro Gilberto Kassab (Cidades) sempre faz sua melhor pose de lealdade, mas evita declarações enfáticas em defesa da presidente Dilma, assim como o seu PSD em geral segue a orientação do Planalto. Porém, a bancada na Câmara já avisou: prosperando a tese do impeachment, a tendência é pular para o barco da oposição. “O partido é jovem demais para se associar à corrupção”, avalia líder.
 
O PSD tem a terceira maior bancada, mas seus deputados, como todos os demais aliados, reclamam do tratamento do governo. Maltratados, deputados do PSD alegam que se desgastariam, saindo em defesa de Dilma, que tem a mais alta rejeição da História.
 
Políticos do PSD trocaram seus partidos originais pela base governista no Congresso. Mas dizem que nunca foram tratados como aliados. 
 
 
 
 
(com Cláudio Humberto)