PSB rejeita participação na gestão do PT na Capital; três teses foram debatidas durante encontro

PSB rejeita participação na gestão do PT na Capital; três teses foram debatidas durante encontro

Por 21 votos contra nove, o PSB de João Pessoa decidiu na noite desta quarta-feira (28) se abster de indicar, oficialmente, nomes para composição na gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PT), da Capital, como o Portal MaisPB havia antecipado ao revelar o resultado de reunião realizada na Granja Santana entre lideranças socialistas e o governador Ricardo Coutinho.

Em sua decisão, o PSB, entretanto, não veta o aproveitamento de filiados da legenda, caso seja essa a decisão de Luciano Cartaxo, mas a participação terá cunho de participação individual sem indicação e referendo do partido.

A tese majoritária foi defendida no encontro pela deputada estadual eleita Estela Bezerra e pelo presidente municipal do partido, Ronaldo Barbosa. Na avaliação dos dois, o PSB precisa ter liberdade e independência para as eleições de 2016, o que não ocorreria em caso de atrelamento ao governo petista.

Uma segunda linha foi defendida pela ex-vereadora Sandra Marrocos (foto), para quem o PSB deveria participar do governo petista e manter a unidade em nome do cenário político atual.

O vereador Renato Martins apresentou uma terceira proposta. Ele sugeriu um plano de trabalho conjunto a ser compartilhado pelas gestões do PSB e do PT. Na ótica o parlamentar, a aliança celebrada em 2014 tem uma dívida com a cidade.

 

 

 

MaisPB