PSB recua com expulsão de prefeita presa; vice-líder da bancada do governo ameaçou sair junto

PSB recua com expulsão de prefeita presa; vice-líder da bancada do governo ameaçou sair junto

Presa para investigação na operação "Andaime" com repercussão nacional, a prefeita de Monte Horebe, Cláudia Dias, estabeleceu uma crise no PSB Estadual. Vice-líder do governo, o deputado Jeová Campos ameaçou pedir desfiliação caso ela, filiada a legenda socialista, seja expulsa do partido. Cláudia encaminhada a prisão na semana passada.

O presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, foi quem anunciou a expulsão de Cláudia durante entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM. Na ocasião, garantiu o dirigente socialista que "foi desfiliada", se referindo a prefeita, também que "ficha suja não tem espaço no PSB"

Em entrevista a uma emissora de Cajazeiras, cuja notícia acabou replicada no Diário do Sertão, Jeová elogiou a conduta da prefeita Cláudia Dias, afirmando ser uma mulher decente e correta. "Minha amiga, conte com minha solidariedade. Se ela for expulsa eu sairei junto com ela de cabeça erguida. Ela é uma mulher decente, correta, companheira e amiga”, disse.

 

 


Marcone Ferreira