PSB da Paraíba é contra fusão com o PPS: ‘ isso representa um atraso para a democracia’ diz Edvaldo Rosas

PSB da Paraíba é contra fusão com o PPS: ‘ isso representa um atraso para a democracia’ diz Edvaldo Rosas
O presidente estadual do PSB e suplente de deputado estadual, Edvaldo Rosas disse na tarde desta quarta-feira (29) que não simpatiza com a fusão entre o PSB e o PPS.  Uma reunião para discutir sobre o assunto está acontecendo hoje à tarde em Brasília com os presidentes dos dois partidos.

De acordo com ele são duas legendas com pensamentos, planos de governo e ideologia política diferentes e o objetivo dessa fusão é apenas fortalecer a bancada. “Essa fusão representa um atraso na democracia e o mais importante do que isso seria discutir a reforma política”, desabou Rosas ao afirmar em aqui na Paraíba o PPS se encontra dividido.

Mais informações - A ideia dos dois partidos é que até junho as negociações estejam concluídas e o processo finalizado. Os dirigentes dos dois partidos vêm negociando a fusão desde o ano passado, quando o então presidente nacional do PSB Eduardo Campos era vivo. As conversas acabaram paralisadas em decorrência da morte de Eduardo e das eleições presidenciais. Hoje, o PSB tem 32 deputados e o PPS, 11.

— Vamos a partir de agora formar um novo partido, da esquerda brasileira, que têm uma historia em comum e, o mais importante, servir de plataforma para um partido que fale com o século 21, com esse novo mundo, que seja contemporâneo, até porque a democracia brasileira, com toda esta crise, conjuntural, precisa ter instrumentos, atores, como este novo partido, que aponte caminhos para um futuro melhor — disse o presidente nacional do PPS, Roberto Freire.

 
 
 


Paulo Cosme