Projeto utiliza água de esgoto tratada em sistemas de irrigação na Paraíba

Projeto utiliza água de esgoto tratada em sistemas de irrigação na Paraíba

Um projeto experimental implementado pelo Instituto Nacional do Semiárido (Insa) em Campina Grandeutiliza água de esgoto tratada em sistemas de irrigação. De acordo com o coordenador do projeto, Salomão Medeiros, uma plantação experimental montada na sede do Insa vem apresentando bons resultados.

“Aqui utilizamos a palma do tipo orelha-de-elefante, que é resistente à colchonilha do carmim, e com a aplicação de apenas meio litro desta água por semana em cada planta conseguimos, ao final de um ano, 120 mil raquetes da palma”, disse Salomão em entrevista à TV Paraíba.

O projeto foi implantado em uma cidade do Rio Grande do Norte e a plantação montada no Insa em Campina Grande serve como um modelo de teste. O coordenador explica que o sistema implantado tem baixo custo e utiliza pouco espaço, precisando apenas de uma manutenção no sistema já existente dos tratamentos de esgoto dos municípios.

“Em uma primeira etapa há o tratamento primário, onde é retido todo o material grosso, como areia, cabelos e outros. Em seguida, esta água é conduzida para um leito fluizado onde tem uma passagem por dentro de camadas de brita e no entorno destas pedras crescem bactérias que fazem o tratamento da água”, explilcou.

Salomão também destaca que, além dos benefícios econômicos, o projeto é ecologicamente correto. “O reuso pode ser uma fonte de renda muito rentável para os pequenos e grandes produtores porque a água do esgoto tem todo dia, independente de seca ou não. Enquanto o sistema de abastecimento de água da cidade estiver funcionando, temos o esgoto sendo produzido. Essa água que seria desperdiçada pode ser utilizada na produção”, concluiu o coordenador.

 

 

G1