Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ vira caso de polícia em Serra Grande

Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ vira caso de polícia em Serra Grande
Em Serra Grande um grupo de populares sem teto, cansados de esperar, tentam invadir um conjunto habitacional composto por 40 casas, construído na atual gestão, com recursos provenientes do Governo Federal, através do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. De acordo com informações, é uma construção de imóveis sem muita qualidade, que hoje encontram-se abandonados, cobertos de matos e formigueiros.
 
De acordo com informações passadas ao portal Radar Sertanejo, o confronto se deu entre dois grupos, um sem teto que não foi cadastrado no programa e o outro de pessoas que constam na relação dos beneficiários, mas foram impedidos pela secretária de Ação Social e outros representantes do Governo Municipal que acionaram a Polícia Militar.
 
Segundo testemunhas, o fato ocorreu porque o prefeito estaria protelando a entrega das referidas casas e prometendo-as a diversas pessoas, que não estão cadastradas no programa, em troca de apoio político. Ainda de acordo com vereadores, o prefeito Jairo vem administrando o município de forma desumana, e estaria usando programas sociais dessa natureza para aliciar votos de pessoas vulneráveis numa tentativa desesperada de se manter no poder.









(com Radar Sertanejo)