Professores de Escolas do Vale do Piancó utilizam a Robótica Educacional para despertar o gosto dos alunos por ciência

Professores de Escolas do Vale do Piancó utilizam a Robótica Educacional para despertar o gosto dos alunos por ciência
Desde 2013, o Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretária de Estado da Educação, vem investindo em Laboratórios de Robótica e entregando as escola da rede estadual de ensino. 
 
Este laboratório tem como objetivo estimular cada vez mais o estudo dos conceitos multidisciplinares, que envolva conteúdos de Física, Matemática e Química. Para Ana Célia Lisboa, gerente de Ensino Médio e Educação Profissional da SEE, "a ideia principal é propor ao aluno o projeto e construção de um experimento investigatório e exploratório", disse.
 
 
É com base nesse ideal, que professores de algumas escolas de cidades do Vale do Piancó, tentam fazer com que seus alunos despertem o gosto pela ciência, através do Laboratório de Robótica.

Este laboratório é composto por vários Kits, onde os alunos podem montar robôs e programa-los para executar os comandos desenvolvidos na plataforma de programação.
 
Escolas das cidades de Ibiara, Diamante, Santana de Mangueira, Itaporanga e Nova Olinda, dentre outras, trabalham a Robótica Educacional. "Sabemos o quanto é difícil fazer com que os alunos gostem, por exemplo, de Física. Muitos deles reclamam que as disciplinas que envolvem calculo são chatas e muito  difíceis. Mas agora estamos tentando agregar o Laboratório de Robótica a nossa metodologia de ensino como uma nova ferramenta pedagógica, buscando estimular cada vez mas o gosto de nossos alunos por ciência", disse João Antonio, professor de Física da E.E.E.M.I Padre Manoel Otaviano da cidade de Ibiara.
 
Para o professor Mário Alves, "o Laboratório de Robótica é uma grandiosa ferramenta de ensino-aprendizagem, permitindo aos educandos planejar, montar e executar todo o projeto desenvolvido por eles. Na Escola Padre Manoel Otaviano em Ibiara, trabalhamos com nossos alunos a robótica toda semana sempre as sextas-feiras", disse. 
 
O aluno Henrique Alves, da Escola Presidente Kennedy de Santana de Mangueira, disse que "a robótica melhora seu raciocínio lógico e sua concentração, fazendo seu desempenho melhorar em diversas disciplinas evoluir", pontuou.

Intercâmbio

Professores e alunos de duas escolas das cidades de Ibiara e Santana de Mangueira, recentemente promoverem alguns encontros  a fim de compartilhar e aprimorar seus conhecimentos sobre a Robótica Educacional.

(Professor Mário Alves explicando a programação dos robôs)
O resultado foi o bom desempenho das duas escolas no TJR realizado este ano em Campina Grande, onde ambas participaram pela primeira vez.
 
Competições
 
Recentemente alunos e professores das escolas acima citadas participaram de alguns eventos como a OBR (Olimpíada Brasileira de Robótica), que foi realizada em João Pessoa (PB), e o TJR (Torneio Juvenil de Robótica), realizado em Campina Grande (PB).

"Em relação as competições, decidimos levar nossos alunos para participarem desses eventos em virtude do empenho de cada um deles, vimos que eles se dedicam muito, estudam muito", pontuou o professor João Antonio.

 
 
 
 
Do DiamanteOnline