Professores da PB se destacam com pesquisa sobre Zika

Professores da PB se destacam com pesquisa sobre Zika

A professora do curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande (FCM-CG), Dra. Adriana Melo, foi destaque internacional com a publicação de um artigo, em um periódico científico, cujo tema se volta ao Zika Vírus e sua relação com a alteração no cérebro fetal.

Com o título “Zika virus intrauterine infection causes fetal brain abnormality and microcephaly: tip of the iceberg?”, a pesquisa foi
publicada na revista internacional da ISUOG, Sociedade Internacional de Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia, cuja sede é na
Inglaterra.

Outro dos artigos, de autoria do professor do curso de Medicina da FCM, Dr. Carlos Brito, também foi destaque internacional, sendo publicado na Acta Médica Portuguesa. A pesquisa se intitula “Vírus Zika: Um Novo Capítulo na História da Medicina”.

De acordo com Adriana, o grande mérito do artigo é que foi a primeira vez no mundo que foram descritas, através de ultrassonografia,
alterações no cérebro fetal causadas pelo Zika Vírus. “Nesse artigo, descrevemos padrões de alterações da estrutura cerebral, que
servirão para nortear outros médicos e pesquisadores. Por se tratar de uma doença nova, os profissionais de saúde precisam saber o que
procurar”, disse.

Ainda de acordo com a professora, como foram pioneiros, toda vez que algum trabalho for publicado sobre o assunto, provavelmente os nomes dos pesquisadores da Facisa/FCM serão citados, divulgando também o nome de
Campina Grande.

A professora comentou que depois da publicação do artigo já foi contactada por vários pesquisadores do Brasil e do mundo. “O objetivo
agora é unir vários centros de pesquisas em busca de mais respostas”.

 

 

 

MaisPB