Professora de 25 anos morre vítima de H1N1 em Campina Grande

Professora de 25 anos morre vítima de H1N1 em Campina Grande

A professora Mirla Farias de Pereira, 25 anos, morreu, nesta terça-feira (5), em Campina Grande, vítima da gripe H1N1. De acordo com a secretária de Saúde de Campina, Luiza Pinto, este foi o primiero caso de morte provocado pela gripe confirmado na cidade.

Mirla, que era formada em Letras pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), estava internada no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande, há cerca de um mês.

Luiza Pinto acrescentou que existem outros oitos casos de H1N1 , entre confirmados e suspeitas, em Campina Grande. “Uma outra morte, ocorrida na segunda-feira (04) no hospital Pedro I, está aguardando confirmação”, explicou.

 

 

 

 

MaisPB