Procurador federal acusado de tentativa de assassinato é preso em JP; ele alega legítima defesa

Procurador federal acusado de tentativa de assassinato é preso em JP; ele alega legítima defesa
O procurador federal Marcelo Raposo, que trabalha no Rio Grande do Norte, foi preso na tarde desta quarta-feira (13), em João Pessoa por força de um mandado de prisão expedido pela Justiça Potiguar.

Segundo a polícia, Marcelo Raposo é acusado de tentar assassinar um vereador da cidade de Caicó-RN, fato ocorrido no mês de abril desse ano dentro de uma loja de conveniência.

A discussão seguida de tentativa de assassinato começou quando o vereador suspeitou que o procurador estivesse assediando a sua esposa. Os dois começaram a discutir quando, de repente, o procurador sacou de uma revólver calibre 38 e atirou três vezes contra o vereador que foi atingido na mãoe um dos dedos foi decepado por causa do disparo.

O procurador se apresentou espontaneamente a polícia e contou a sua versão para o fato. Marcelo Raposo alegou que foi agredido verbal e fisicamente pelo vereador.

Nesta quarta-feira, o delegado do Rio Grande do Norte Helder Carvalhau acompanhado de dois agentes esteve em João Pessoa e depois de  se apresentar ao delegado Reinaldo César cumpriu o mandado de prisão.

O procurador foi encaminhado à Gerência de Medicina Legal (Gemol), em João Pessoa onde passou por exames de corpo de delito e logo em seguida levado para a Central de Polícia de onde deverá se transferido para o Rio Grande do Norte nas próximas horas.

 

 


Paulo Cosme\Washington Luiz