Procurador acusa governo de tentar proteger corruptos

Procurador acusa governo de tentar proteger corruptos

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, integrante da Operação Lava-Jato, disse identificar “o dedo do governo” na proteção a corruptos, revela o jornal O Globo.

Em entrevista, ele citou a edição da medida provisória que permite ao governo negociar acordos de leniência com empresas acusadas de corrupção e o projeto que autorizou a repatriação de recursos ilegais.

O procurador também contestou a crítica da presidente Dilma Rousseff de que há “pontos fora da curva” na Lava-Jato, como vazamentos seletivos e interrogatórios com base no “diz que me diz”.

“Há pontos fora da curva porque no Brasil não se pune”, rebateu o procurador.

 

 

 

*fonte: oglobo