Prince morre aos 57 anos e polícia investiga casa do cantor

Prince morre aos 57 anos e polícia investiga casa do cantor

O cantor Prince morreu aos 57 anos. O corpo dele foi encontrado em sua casa, no estado  norte-americano de Minnesota, nesta quinta-feira (21). A causa da morte ainda não foi informada.

Inicialmente, a polícia apenas noticiou ter encontrado um corpo na casa e estúdio do cantor, mas não havia confirmado que se tratava do cantor. A morte só foi confirmada posteriormente por um assessor do artista à agência de notícias Associated Press.

Prince foi para o hospital em estado de emergência em 15 de abril. Por causa disso, o jatinho particular dele teve de fazer um pouso de emergência em Illinois. No dia seguinte, ele garantiu aos fãs que estava bem durante um show.

Prince na época do sucesso 'Purple Rain'

Prince na época do sucesso ‘Purple Rain’

Ícone pop
Prince tornou-se um fenômeno mundial nos anos 1980, fundamentalmente com “Purple Rain” (1984), frequentemente considerado um dos melhores álbuns de todos os tempos.

Nascido como Prince Rogers Nelson, o cantor e compositor mudou, nos anos 1990, seu nome para um impronunciável “símbolo de amor”, e escreveu a palavra “escravo” em sua bochecha, para protestar contra as condições contratuais do selo Warner.

Foi um artista prolífico, e abraçou o streaming, considerando que a tecnologia on-line lhe dará maior liberdade artística. Prince fez recentemente shows em Paisley Park e Austrália, onde se apresentou somente com um piano, afirmando que desejava um novo desafio artístico.

O cantor se casou duas vezes. A primeira com a dançaria Mayte Garcia, de que se separou em 2000, e a segunda com Manuela Testolini, de que se apartou em 2006.

Briga contra streaming
Em julho de 2015, Prince solicitou a retirada de seu catálogos de música de várias plataformas na internet, exceto o Tidal, gerenciado po Jay Z.

“Se isso é o que se sente com a liberdade, ‘HitNRun’ é como soa (a liberdade)”, comentou no comunicado enviado este fim de semana à imprensa, no qual informou ainda que levou 90 dias para fazer “HitNRun”, o 34º disco de estúdio de sua carreira.

Este álbum “em liberdade” chegará depois de, após anos de desencontros com as gravadoras tradicionais, parecesse ter chegado a um novo entendimento com elas quando em 2014 lançou dois álbuns pela Warner Music, “Plectrumelectrum”, junto com o grupo feminino de rock 3rd EyeGirl, e “Art Official Age”.

 

 

 

 

G1