PRF registra 17 acidentes e 31 feridos no feriadão de carnaval na Paraíba

PRF registra 17 acidentes e 31 feridos no feriadão de carnaval na Paraíba

A Operação Carnaval iniciada na última sexta-feira (5)  pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 24 acidentes com 32 feridos nos três primeiros dias de operação pela PRF na Paraíba. Não houve registro de morte. A operação da polícia rodoviária só termina dia 10.

A  PRF informa ainda que nos três primeiros dias de operação mais de 3.400 veículos foram flagrados com excesso de velocidade. Dentre outras irregularidades, os agentes encontraram condutores de motocicletas conduzindo o veículo sem usar capacete, crianças sendo transportadas sem a cadeirinha e falta do cinto de segurança. Além dessas irregularidades, 30 pessoas foram flagradas dirigindo sob influência de álcool.

Velocidade
A imprudência vem marcando o feriadão: Na BR 230, um veículo foi flagrado a 181 Km/h na tarde do dia 5, mas outros absurdos também foram verificados. Em trechos onde a velocidade máxima permitida era de 100 Km/h, os agentes rodoviários capturaram velocidades de 169, 164, 159, 157 km/h. Irresponsabilidades também foram cometidas por profissionais do trânsito: um caminhão estava circulando a 144 KM/h e um motorista que realizava transporte de Produto Perigoso deslocava-se a uma velocidade de 116 Km/h, quando a máxima permitida era de 80Km/h. Em outros casos, vans, ônibus e microônibus também foram autuados por dirigir em excesso de velocidade.
Nos casos mais graves, com mais de 50% da velocidade máxima da via excedida, o Código de Trânsito Brasileiro prevê infração gravíssima, o condutor acumula 7 pontos na CNH e sofre a penalidade de multa no valor de R$ 574,62, além da suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

Alcoolemia
A cada 26 testes de alcoolemia, um condutor foi encontrado dirigindo sob influência de álcool.

Já na primeira metade da Operação, 796 testes do bafômetro haviam sido realizados e 30 condutores  foram tirados do volante por dirigirem embriagados.  Dentre estes, seis (6) motoristas foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil por cometerem o crime de embriaguez ao volante.
Um dos casos que mais chamou a atenção aconteceu na BR 230 no município de Sobrado. Um motociclista foi avistado transportando um passageiro sem capacete. Ao realizar a abordagem, os policiais perceberam que o condutor estava com olhos avermelhados, eufórico e com odor de álcool. O homem, que não possuía CNH, afirmou que estava “brincando carnaval” em São Miguel de Taipu e havia ingerido duas garrafas de cerveja e uma dose de cachaça. Durante a entrevista, os agentes descobriram a reincidência do motociclista, pois o mesmo já havia sido preso pelo mesmo motivo há dois anos, quando dirigia embriagado e envolveu-se num acidente. Ao realizar o teste do bafômetro foi obtido o resultado de 0,98 mg/L.

O caso mais extremo de embriaguez aconteceu na cidade de Patos, sertão paraibano. Durante uma ronda, os policiais perceberam uma caminhonete VW/Saveiro ziguezagueando na rodovia e quase colidindo com outros dois veículos. Ao realizar a abordagem, os agentes se deparam com um homem de 70 anos com visíveis sinais de embriaguez e afirmando que havia tomado uma grande dose de cachaça. O valor medido no teste foi 1,45 mg/L, 480% a mais do valor que já é considerado crime.

Já na BR 230, no município de Cabedelo, outro homem foi preso por dirigir embriagado. O condutor que não possuía habilitação envolveu-se em acidente e pilotava uma motocicleta. O homem foi enquadrado também no crime de dirigir veículo automotor gerando perigo de dano.

Socorro a enfermo

Na manhã de ontem (08), NA BR 101 em Mata Redonda,  um motorista passou mal enquanto dirigia seu caminhão do tipo bi-trem. A combinação que transportava Produto Perigoso transitava em ziguezague pela rodovia e foi constatado que o condutor apresentava sinais de AVC. Os primeiros socorros foram realizados na cabine do caminhão por um PRF que também é médico e estava de serviço naquela unidade operacional.

Foi acionada a equipe do SAMU e solicitado o apoio da aeronave da PMPB para realizar o transporte do enfermo que já encontrava-se estabilizado . A aeronave pousou em frente a unidade operacional sobre a pista de rolamento, sendo necessário desviar o trânsito durante todo o período do atendimento. O enfermo foi levado com vida pela aeronave para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Alerta
A Polícia Rodoviária Federal orienta os condutores que redobrem a atenção no retorno do feriadão. As fiscalizações permanecerão intensificadas até o final da operação,  meia noite do dia 10. 

 

 

 

Clcik PB