PRF prendeu 14 pessoas no final de semana

PRF prendeu 14 pessoas no final de semana

Durante o final de semana em que ocorreram as eleições municipais, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve 14 pessoas por diversos crimes em fiscalizações em todo o Estado no período de sexta-feira a domingo. Além dos crimes eleitorais, no repertório de delitos foram flagrados, também: embriaguez ao volante; uso de documento falso; veículo adulterado; porte de drogas e diversos crimes de trânsito, como dirigir com habilitação suspensa ou sem possuir habilitação.

Crimes eleitorais –  Duas apreensões somaram um total de 38 mil Reais em espécie. As ocorrências se deram nas BRs 104 e 230, na região do Agreste da Paraíba e podem caracterizar crime eleitoral. Em Queimadas, R$ 16 mil foram encontradas no interior de uma caminhonete, juntamente com fogos de artifícios e folhetos de propaganda eleitoral.  Já em Santa Terezinha, uma outra pick-up foi abordada, onde foi encontrada a quantia de R$ 22.600,00, divididos em dois envelopes. O homem detido vestia camisa com cor e número relacionados a um partido político.

Drogas – Mais uma ocorrência envolvendo uso de anfetaminas por motorista profissional em menos de 24 horas. Dessa vez foi flagrado na unidade operacional de Cajazeiras, BR 230, um caminhão tanque que transportava combustível. O autocarga havia partido de Ubajara/Ce e seguiria até Pombal/PB onde faria descarregamento.  Durante a fiscalização, onze comprimidos do medicamento Nobésio Forte em posse do motorista foram localizados. Tal medicamento contém como princípio ativo a substância clobenzorex, que é de uso controlado no Brasil e não possui registro válido na ANVISA, tornando sua comercialização proibida. Horas antes um outro caminhoneiro foi flagrado no mesmo local com 35 comprimidos de Nobésio Forte (foto).  Só este ano 247 comprimidos foram apreendidos em 15 ocorrências distintas.

Socorrido pela PRF acaba sendo preso – Em ronda pela BR 101, próximo ao município de Mamanguape, os agentes se depararam com uma motocicleta com pneu furado, parada às margens da rodovia. Em auxílio ao condutor, que havia sofrido uma queda, os policiais pediram os documentos para registrar o acidente. Na verificação dos mesmos foi detectado sinais de adulteração das informações presentes na Carteira Nacional de Habilitação (foto). O homem de 34 anos possuía restrição junto ao Detran/RN de impedido de ser habilitado. Tal restrição motivou o condutor a alterar a data de emissão e validade da CNH, o que caracterizou o crime de adulteração/falsificação de documento público.

Alcoolemia: Dos 519 testes que foram realizados, 19 pessoas foram flagradas dirigindo sob influência de álcool e duas acabaram sendo presas. Em uma das ocorrências, na BR 230, em João Pessoa,  o condutor de uma motocicleta não obedeceu a ordem de parada em uma blitz. Ao ser alcançado pelos policiais foi observado, durante o desembarque, que o mesmo estava bastante alterado, exaltado e com forte odor etílico. O motociclista, além de não possuir CNH, obteve como resultado o valor 0.78mg/L no teste de alcoolemia, índice considerado muito alto e enquadrado como crime.

O outro caso de prisão por alcoolemia aconteceu em Pombal. Durante ronda na BR 230, um veículo de passeio foi avistado saindo da rodovia em velocidade exagerada, acessando uma rua lateral, vindo a colidir com um caminhão ali estacionado. No interior do veículo foram encontrados latas de cerveja e uma garrafa de bebida destilada.

Motocicleta roubada – Na BR 412, próximo ao município de Serra Branca, os policiais avistaram um motociclista transitando sem fazer uso do capacete e com a placa dobrada (foto). Ao visualizar a viatura policial, o homem de 60 anos empreendeu fuga, mas foi alcançado em seguida. Os agentes verificaram que a motocicleta estava com placa pertencente a um outro veículo e possuía os números do chassis e motor lixados.

Além das ocorrências criminais a PRF atendeu a 18 acidentes, autuou 1155 condutores, flagrou 304 condutores em excesso de velocidade, retirou 18 animais das margens de rodovias e fiscalizou 1851 pessoas e 1712 veículos.

 

 

MaisPB