Preso por tráfico, atleta da Paraíba ironiza: “Tô em casa mói de puta”

Preso por tráfico, atleta da Paraíba ironiza: “Tô em casa mói de puta”

O atleta paraibano que foi preso, na noite desta quinta-feira (07), em um posto de combustíveis na BR-230, em João Pessoa (PB), por tráfico de drogas, conseguiu a liberdade na manhã desta sexta-feira (08) e ironizou a situação nas redes sociais. “Aos que me amam obrigado pelo apoio… Maluco a gente sempre foi… Só que agora todo mundo sabe. Tô em casa mói de puta”, postou.

O atleta, que já foi campeão mundial de handebol de areia pela Seleção Brasileira, foi preso, juntamente com outro esportista – um personal trainer e ex-integrante da Seleção Paraibana de Basquete. De acordo coma polícia, a dupla foi presa em um posto de combustíveis no bairro do Esplanada, após uma denúncia anônima.

Com a dupla, a polícia encontrou 45 comprimidos de ecstasy, 30 gramas de cocaína, skank, maconha comum e em pasta, além de R$ 2,8 mil em dinheiro.

Segundo o delegado Thiago Sandes, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa, os suspeitos disseram durante a prisão que voltavam da cidade de Natal, no Rio Grande do Norte e que a droga, que estava escondida dentro do carro, seria para consumo próprio. O veículo também foi apreendido.

Na postagem, o atleta estava acompanhado de vários advogados, todos bastante conhecidos na capital João Pessoa.

 

 

 

MaisPB