Presidente nega privatização da PBGás

Presidente nega privatização da PBGás

O presidente da PBGás, George Morais, desmentiu a especulação de que a estatal será privatizada.

Em entrevista à Rádio Correio FM, nesta segunda-feira, 15, ele ressaltou que até o momento não houve nenhum tipo de comunicado encomendando estudo para privatização.

 

– Até o presente momento não passa de especulação. A decisão é de competência exclusiva do Governo do Estado e até agora não houve qualquer tipo de autorização, comunicado, ou encomenda de qualquer tipo de estudo para a diretoria da PBGás – garantiu. 

A PBGás emprega cerca de 70 funcionários e dá lucro de R$ 8 milhões.

 

 

 

 

Paraibaonline