Presidente do PPS afirma que partido seria engolido pelo PSB com fusão

Presidente do PPS afirma que partido seria engolido pelo PSB com fusão

Presidente do PPS em João Pessoa, o vereador licenciado Bruno Farias, disse ao Portal MaisPB nesta segunda-feira (27) que o partido será “engolido” pelo PSB na Paraíba, caso haja progresso na fusão das legendas.

“No caso da Paraíba não seria uma fusão, seria um ‘engolimento’. O PPS seria praticamente engolido pelo PSB”, afirmou Farias sobre a possibilidade.

Para Bruno, caso o PPS e o PSB concretizem uma fusão, muitos filiados de seu partido devem migrar de legenda. O vereador não adiantou seu posicionamento.

Em 2013, o PPS ensaiou uma fusão com o PMN, mas não houve concretização. Agora, as cúpulas nacionais do PPS e PSB articulam uma junção dos dois partidos. Nesta terça-feira (28), o comando nacional das legendas se reúnem, em Brasília, para discutir o tema.

Presidente estadual do PPS, o vice-prefeito de João Pessoa Nonato Bandeira disse ao MaisPB que seria “precipitado “se posicionar sobre a fusão já que o assunto ainda está sendo discutido apenas pelas lideranças nacionais das legendas.

Bandeira disse que é preciso acompanhar as mudanças eleitorais que estão sendo aprovadas no Congresso Nacional e afirmou que dependendo das alterações será imprescindível uma fusão do PPS. Ele destacou que o partido também estuda uma união com o PV.

 

 

 

 

Écliton Monteiro – MaisPB