Presidente Dilma Rousseff adia visita às obras na Paraíba

Presidente Dilma Rousseff adia visita às obras na Paraíba

A visita da presidente Dilma Rousseff às obras da Transposição do Rio São Francisco na Paraíba, que estava marcada para a próxima sexta-feira, foi adiada. No roteiro, a presidente visitará o Ceará. A agenda do ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, será mantida e ele visitará as frentes de serviço dos lotes 7 e 14, que estão em andamento no município de São José de Piranhas. Na Paraíba, todos os lotes que estavam paralisados, já foram retomados e a previsão é de que as águas do ‘Velho Chico’ cheguem em 2015 para amenizar o sofrimento de mais de 1 milhão de paraibanos afetados pela seca.

De acordo com o Departamento de Relações com a Imprensa Regional da Presidência, a visita não estava confirmada e diante dos compromissos que já estavam agendados, a presidente Dilma só irá até Fortaleza. “A visita às obras estava pré-agendadas, mas não foram confirmadas para a próxima sexta-feira. No roteiro, ela irá até Fortaleza e tem uma previsão de que visitará Caucaia, na área metropolitana. A visita ao interior do Ceará e aos estados do Pernambuco e Paraíba será remarcada, mais ainda não há uma nova data para acontecer”, disse a assessoria.

Segundo o ministro da integração, Francisco Teixeira, a presidente pretende visitar as obras, após a reativação das frentes de serviço que estavam paralisadas. “Ela virá em outra ocasião, ver a transposição a partir do eixo leste, onde fica uma estação de bombeamento e captação, em Floresta em Pernambuco. Em seguida, ela seguirá para a captação do Rio São Francisco a partir do eixo norte, em Cabrobó (PE). Depois irá para o interior cearense, visitar obras nos municípios de Jati e Brejo Santo, onde estão sendo construídas algumas barragens que fazem parte do projeto da transposição. Por fim, ela irá até o município de São José de Piranhas, na Paraíba, conhecer o túnel Cuncas I”, explicou o ministro.

A primeira visita da presidente às obras, após toda a reativação do projeto da Transposição poderá acontecer ainda este ano. “Estamos com todos os contratos assinados e todas as ordens de serviço dadas. Todos os lotes e estão em mobilização. As obras estão avançadas nos dois eixos e nosso a nossa preocupação é cumprir com o calendário de execução e concluir a transposição no segundo semestre de 2015. Mas antes disso, logo no próximo ano, queremos entregar 100 quilômetros de canais em cada um dos dois eixos”, frisou o ministro.

Vael News PB. Fonte: Mais PB