Presidente de Subseção da OAB é assassinado a tiros dentro de carro

Presidente de Subseção da OAB é assassinado a tiros dentro de carro

Um advogado foi assassinado com disparos de arma de fogo na manhã deste sábado (13), na Avenida Ayrton Senna, Setor 7, região central de Buritis, no Vale do Jamari de Rondônia. A vítima, Alceu Scoparo Filho, era o atual presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do município. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima estava em um automóvel quando foi atingida. No veículo, havia outra pessoa que não se feriu. A princípio, o homicídio é tratado como uma execução, segundo a Polícia Civil.

De acordo com o delegado Lucas Torres, o crime ocorreu por volta das 10h, quando o advogado transitava pelo centro da cidade no próprio veículo.

“Dois homens em uma motocicleta se aproximaram e pararam ao lado do veículo, o passageiro sacou uma pistola calibre 380 e efetuou cerca de oito disparos contra ele [Alceu Scopraro]. A vítima ainda tentou sair do veículo pela porta do passageiro, mas os disparos atingiram a cabeça e ele morreu no local”, disse o delegado.

Após efetuar os disparos, os suspeitos fugiram do local e não foram localizados. A polícia isolou o local do crime até a chegada da Perícia Técnica da Polícia Civil de Ariquemes (RO). Após os trabalhos que irão auxiliar nas investigações, o corpo da vítima foi encaminhado até o Instituto Médico Legal (IML) de Ariquemes.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Buritis, onde o homicídio está sendo investigado. Segundo a Polícia Civil, o advogado chegou a atuar em casos envolvendo conflitos agrários na região e a princípio, o homicídio é tratado como uma execução.

Confira na íntegra a nota de pesar divulgada pela OAB/RO:
A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) manifesta profundo pesar pela morte do presidente da Subseção da OAB de Buritis, Alceu Scoparo Filho, na manhã deste sábado (13), no município. O advogado nasceu no Paraná, tinha 47 anos e atuava na advocacia do estado há 11 anos.

Segundo informações de familiares, por volta das 10h, o advogado estava no banco traseiro de um carro, quando foi assassinado com sete tiros de arma de fogo por um motociclista, que fugiu em seguida. A Polícia Militar compareceu ao local e a Polícia Civil investigará o caso.

A OAB/RO já está acompanhando as investigações sobre esse crime bárbaro e se solidariza com a família e amigos enlutados. O governador de Rondônia, Confúcio Moura, informou ao presidente da Seccional, Andrey Cavalcante, que determinou à Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) a apuração rigorosa e célere do caso.

 

 

 

Uol