Presidente da Câmara de Conceição gastou quase 13 mil reais com festas e refeições em 4 meses

Presidente da Câmara de Conceição gastou quase 13 mil reais com festas e refeições em 4 meses

Em apenas quatro meses como presidente da Câmara Municipal de Conceição, o vereador Flávio Mangueira gastou quase 13 mil reais com almoços, coffee break, distribuição de lanches e festa da comemoração de posse. O maior absurdo se deu durante uma viagem para a capital do estado, onde na ocasião, o presidente pagou dos cofres da Câmara mais de 5 mil reais, entre diárias e refeições, que tiveram no cardápio, uísque escocês e vinho importado.

Em apenas quatro meses como presidente da Câmara Municipal de Conceição, o vereador Flávio Mangueira gastou quase 13 mil reais com almoços, coffee break, distribuição de lanches e festa da comemoração de posse. O maior absurdo se deu durante uma viagem para a capital do estado, onde na ocasião, o presidente pagou dos cofres da Câmara mais de 5 mil reais, entre diárias e refeições, que tiveram no cardápio, uísque escocês e vinho importado.

Outro fato que chamou a atenção foi o valor pago, referente a um almoço em um restaurante da cidade. O valor se aproximou de 2 mil reais. Como em todos os casos, tudo ‘por conta’ da Câmara, conforme dados publicados no próprio Tribunal de contas do estado.

Alegando contenção de despesas, o presidente diz que irá demitir todos os contratados, durante o período de recesso. A economia seria em torno de 13 mil reais, conforme explicou o próprio presidente. No entanto, o que chama a atenção dos números é a coincidência com os valores gastos com refeições e farras.

Em relação às despesas com refeições, o presidente da Câmara, Flávio Mangueira(PT) disse não ver irregularidade no ato. Entretanto, para um jurista local, que não quis ter sua identidade revelada, independentemente do valor gasto, o ato é imoral. Segundo ele, é por isso, o povo está cada vez mais de saco cheio.

Todos os dados, referentes a reportagem, constam no Sagres do Tribunal de Contas do Estado.





 

Fonte: Redação do Portal Vale do Piancó Notícias