Presidente da Câmara aguarda comunicado da Justiça para tomar providências em relação a vereador preso

Presidente da Câmara aguarda comunicado da Justiça para tomar providências em relação a vereador preso

O presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Saulo Gustavo Santos, afirmou em entrevista nesta sexta-feira (18) que a Casa Legislativa está aguardando uma comunicação oficial da Justiça para decidir a providência a ser adotada em relação ao vereador Flávio Frederico, que foi preso ontem durante a Operação Shark. O vereador Saulo Gustavo concedeu entrevista ao Programa Correio Verdade, da Rádio Correio FM.

“Sabemos da situação que está acontecendo, mas só podemos tomar alguma atitude depois que receber um comunicado da Justiça até para formar um parecer”, ressaltou o presidente da Câmara, Saulo Gustavo. Ele aguarda por informações da Justiça como o tempo de prisão e quais vão ser os procedimentos em relação ao vereador preso.

Ainda de acordo com o presidente, na próxima segunda-feira (21) deve acontecer uma reunião com a direção jurídica da casa para saber o que pode ser feito. Saulo Gustavo explicou que será analisada “a possibilidade de convocar o suplente para que seja feita nos trâmites legais”.

O vereador de Santa Rita Flávio Frederico da Costa Santos (PSD) e o ex-vereador Tubarão (PSD) foram presos nesta quinta-feira (17) durante a Operação Shark. A Operação investiga o desvio de verbas destinadas à realização de serviços de pavimentação de 17 ruas em Santa Rita no ano de 2013.

A organização criminosa agia fraudando licitações e com lavagem do dinheiro proveniente do esquema ilegal. O esquema foi revelado por um delator que fazia o papel de intermediário entre o poder público e as empresas. “Ele informou que o funcionário da empresa ficaria com 7% do total das notas emitidas, o intermediário com 18% e o restante era rateado entre os agentes políticos”, de acordo com o promotor Romualdo Tadeu de Araújo Dias.

 

 

 

Click PB