Presidente da Assembleia Legislativa defende leis que incentivem o uso racional da água

Presidente da Assembleia Legislativa defende leis que incentivem o uso racional da água

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, concedeu entrevista nesta terça-feira (14) onde abordou diversos temas do Poder Legislativo como a produção legislativa sobre o uso racional da água, a nova sede da Casa de Epitácio Pessoa e a missão de assumir temporariamente o Governo do Estado nesta semana.

O presidente revelou que já na próxima semana vai apresentar algumas matérias para incentivar racionalização do uso da água na Paraíba. "Sabemos que a falta de água é um problema que atinge uma parcela enorme do povo paraibano e neste segundo semestre vamos trabalhar para produzir legislação neste sentido", disse.

Adriano também relatou que vem mantendo diálogo com a iniciativa privada para a construção da nova sede da ALPB. "O nosso espaço hoje já não comporta mais o tamanho dos setores da Casa. Por isso, estamos cientes que necessitamos de um novo equipamento, para funcionar alguns setores, já que vamos manter a sede atual", afirmou. A nova sede do Poder Legislativo deverá ser próxima ao Centro de Convenções e o orçamento previsto para a construção do prédio é de até R$ 60 milhões.

O presidente ressaltou que tem trabalhado para construir uma Paraíba mais justa e que este é o principal legado que quer deixar à frente da Assembleia Legislativa da Paraíba. "Saber que fiz amigos e pude ajudar a quem precisa é a minha principal meta neste tempo em que estou presidindo a ALPB", assegurou.

Adriano Galdino comentou ainda sobre o compromisso em assumir o Governo do Estado a partir da próxima quinta-feira (16), quando o governador Ricardo Coutinho e a vice-governadora Lígia Feliciano viajam para representar a Paraíba no Encontro dos Governadores, no Piauí. "Fiquei sabendo dessa minha missão ontem, durante a entrega dos projetos de leis sobre os precatórios. Pra mim, é uma grande honra assumir esse cargo e espero contribuir da melhor forma para o crescimento do nosso Estado", concluiu

 

 

 

 

Assessoria