Prefeitura de São José de Caiana movimentou mais de R$ 11 milhões no ano passado

Prefeitura de São José de Caiana movimentou mais de R$ 11 milhões no ano passado

 Entre janeiro e dezembro do ano passado, a Prefeitura de São José de Caiana movimentou R$ 11.814.271,21, sendo que grande parte desse dinheiro, R$ 5.143.401,15, que corresponde a 43,53%, foi destinada ao pagamento da folha de pessoal. Em dezembro, a edilidade tinha 367 servidores, distribuídos em efetivos (220), comissionados (114), contratados (26) e eletivos (7).

A área que mais movimentou recursos no período foi a Educação: foram mais de R$ 5,6 milhões. Em seguida veio a Saúde, com gastos superiores a R$ 3,3 milhões, e a Administração, que superou a casa de R$ 1,3 milhão. Já a Agricultura teve a pior movimentação: apenas R$ 106 mil.

No que se refere aos elementos de despesa, que aponta, efetivamente, com o que a Prefeitura gastou, houve importantes despesas com outros serviços de terceiros - pessoa física (R$ 1,9 milhão) e jurídica (R$ 673,9 mil); obras e instalações (R$ 1,4 milhão); material de consumo (R$ 953,8 mil); obrigações patronais (R$ 469,7 mil); equipamentos e material permanente (R$ 485,9 mil) e serviços de consultoria (R$ 196,3 mil). Os gastos com diárias foram de R$ 21,4 mil.

Todas essas informações foram repassadas pela própria Prefeitura caianense ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), que ainda não julgou a prestação de contas do prefeito José Walter (PMDB) referente ao exercício financeiro de 2013.

Apesar de tantos recursos, há algumas queixas, especialmente com relação à infraestruura da cidade: em e-mail encaminhado a Folha, um morado cobrou da Prefeitura melhorias urbanas. Segundo ele, "as poucas pedras de calçamento que existem em uma das principais ruas da cidade estão desaparecendo; a iluminação pública está precária; e há ainda uma obra de uma praça que em mais de 4 anos fizeram apenas a sapata”.