Prefeitura de Conde esclarece que houve apenas roubo de documentos após tesouraria ser arrombada

Prefeitura de Conde esclarece que houve apenas roubo de documentos após tesouraria ser arrombada

Após levantamentos feitos na tesouraria da Prefeitura Municipal de Conde, no Litoral Sul do estado, que foi arrombada na madrugada desta quarta-feira (25), a assessoria de imprensa do governo municipal revelou que foram levados apenas documentos e não dinheiro e cheques.

 

Foi feito levantamento e ficou comprovado que os suspeitos levaram balancetes da gestão anterior e da atual. “Foi especulado que o dinheiro (espécie e cheques) teria sido levado, mas não foi”, garantiu Alysson Campelo, secretário de comunicação da Prefeitura.

 

O arrombamento na tesouraria foi percebido apenas de manhã quando os funcionários abriram a sala para iniciar o expediente. Os suspeitos abriram um buraco no fundo do prédio e tiveram acesso a parte interna da tesouraria entrando pelo banheiro.

 

O fundo da parede da tesouraria fica para um terreno baldio situado às margens da PB-018. Os suspeitos fizeram um buraco na parte do banheiro e entraram.

O caso foi registrado na Delegacia de Conde. Peritos da Polícia Civil estiveram no local fazendo o levantamento dos dados. Os suspeitos ainda não foram identificados. No prédio ainda não há circuito de câmeras.

 
 
 

Assessoria