Prefeito gasta R$ 3 milhões com combustíveis em um ano

Prefeito gasta R$ 3 milhões com combustíveis em um ano

A Prefeitura de São Bento, no Sertão da Paraíba, tem uma frota de veículos que se resume a quatro ou cinco ambulâncias, sete ônibus escolares. Quatro caminhões e alguns veículos oficiais. Pois bem. Essa ‘frota’ teria consumido – somente ano passado – quase R$ 3 milhões em combustíveis. Mais de R$ 11,5 mil por dia (levando em conta apenas os dias úteis).

A situação fica ainda mais grave, conforme a denúncia, porque estudantes estariam sendo obrigados a pagar a diária de um funcionário da Prefeitura para garantir o transporte diário de jovens a instituições escolares em um ônibus do Município. O motorista estaria cobrando R$ 20 por aluno.

Conforme denúncia enviada ao portal MaisPB, o dinheiro pago pela Prefeitura de São Bento beneficiou os postos São Sebastião e São João. O Posto São Sebastião seria de propriedade da família do deputado estadual Galego de Sousa. Já o posto São João, à família do vereador Adaildo Dantas, presidente da Câmara Municipal. Veja documentos do Sagres:

sao bento denuncias1 sao bento denuncias2 sao bento denuncias3

Adaildo Dantas também teria locado um carro por R$ 48 mil e gasto R$ 48 mil em combustíveis apenas no ano de 2015. Conforme denúncia, a Câmara também teria gasto R$ 22 mil com cafezinho e produtos de limpeza durante o ano passado. Detalhe: são apenas 13 vereadores e uma sessão por semana.

 

 

 

 

 

Jãmarrí Nogueira-MaisPB