Prefeito é acusado de usar recursos do Fundeb para pagar por serviços sem licitação

Prefeito é acusado de usar recursos do Fundeb para pagar por serviços sem licitação

O prefeito de São Bento, Gemilton Souza (PSB), é acusado de usar recursos do  Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para pagar a quantia de R$ 166.601,95 a Joseilton Silva dos Santos por serviços de pintura e reformas de escolas.

Até o mês de junho deste ano, a gestão municipal desembolsou R$ 46 mil para pagar a Joseildo Silva dos Santos. Em 2014, a mesma pessoa recebeu do município de São Bento o montante de R$ 61.163,25. Já em 2013, o valor repassado para ele foi de R$ 59.434,70.

O deputado Jullys Roberto (PEN) solicitou ao Tribunal de contas do Estado (TCE) que apure possíveis irregularidades, já que o número do CPF de Joseildo repassado pela prefeitura à Corte de Contas não condiz com o nome do beneficiado.

Além disso, o parlamentar observou que a administração não realizou nenhuma licitação para contratar os serviços. Segundo ele, “há indícios de que os trabalhos não foram executados”.

“Essas denúncias merecem ser apuradas em face da possível malversação do dinheiro público e valores exorbitantes sem o devido processo licitatório e comprovação da realização dos serviços pagos, um verdadeiro crime por irregularidades no favorecimento a empresas inexistentes em benefício de pessoas indicadas ou ligadas aos gestores”, declarou.

 

 

 

Paraíba.com.br