Prefeito de Porto Alegre escapa de tiroteio durante evento em praça

Prefeito de Porto Alegre escapa de tiroteio durante evento em praça

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, passou por uma situação tensa durante a inauguração da nova iluminação da Praça da República, localizada na Vila Ipiranga, Zona Norte de Porto Alegre, na última quarta-feira (30).

Isso porque durante o ato, bandidos em fuga trocaram tiros com a polícia a poucos metros de onde estavam as cerca de 80 pessoas que participavam do evento, incluindo o prefeito.

A equipe da prefeitura chegou por volta das 19h ao local, onde a população já estava concentrada. Foi quando um carro passou em alta velocidade fugindo da polícia. Poucos minutos depois o prefeito chegou ao evento e se deslocou para ponto onde seria realizada a inauguração.

Enquanto isso, o motorista da prefeitura realizava manobras, na rua estreita, para tentar estacionar o veículo de Fortunati. Nesse momento, os bandidos voltavam por ali e não conseguiram passar. Teve início uma troca de tiros entre os policiais e os homens que tentavam fugir.

As cerca de 80 pessoas que estavam no local tiveram de se jogar no chão, uma vez que ninguém sabia ao certo de onde vinham os tiros. O prefeito foi levado para uma casa onde são armazenados equipamentos da praça até que a situação fosse controlada pela polícia.

Após alguns instantes, a polícia conseguiu capturar os bandidos, e a inauguração da iluminação foi realizada. A poucos metros dali, os bandidos algemados aguardavam para serem levados a uma delegacia pelos policiais.

De acordo com a assessoria, o prefeito havia pedido que a história não fosse divulgada, porém neste domingo (4) ela acabou sendo confirmada até pelo próprio Fortunati à imprensa, em eventos com a participação dele na capital, durante o dia.

"Começou um tiroteio entre os ladrões e a Polícia Civil, e entrei rapidamente na construção na própria praça. Aguardamos que eles fossem presos, e seguimos o evento normalmente. É importante salientar a pronta e eficaz atuação da Polícia Civil, eles foram realmente precisos", disse Fortunati.

Recentemente, após outros incidentes violentos ocorridos em Porto Alegre, antes da inauguração da praça, Fortunati chegou a sugerir ao governo do Estado que solicitasse a vinda das tropas da Força Nacional para auxiliar na segurança da cidade.

A inauguração da praça, de acordo com a prefeitura, foi organizada pela Associação dos Amigos da Praça da República. Foram reformados 17 postes, que receberam novas lumiinárias e uma nova rede elétrica. Também foi feita a revitalização do passeio público com o assentamento de basalto. O valor gasto foi de R$ 40 mil.

 

 

 

G1