Prefeito de Mari tem mandato cassado: estava em bloco de carnaval quando recebeu a notícia

Prefeito de Mari tem mandato cassado: estava em bloco de carnaval quando recebeu a notícia

O prefeito de Mari, Marcos Martins de Paiva (PSB) foi surpreendido durante a festa de carnaval que promovia na cidade com a notícia de que o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) cassou seu mandato por improbidade administrativa. 

Paiva deve entrar com recurso junto ao Supremo Tribunal de Justiça em Brasília contra a decisão. Caso ele seja mantido afastado do cargo, o seu vice, o empresário Jobson, também do PSB assumirá o cargo.  

Em outubro de 2013, Marcos Martins teve seus direitos políticos suspensos e determinada a perda do mandato de prefeito de Mari, por decisão da Juíza da Comarca de Mari Drª. Ana Carolina Tavares Cantalice. Em decisão datada de 24 de setembro de 2012, a Juíza decidiu pela procedência da denúncia apresentada pelo Ministério Público contra Marcos Martins, suspendendo os direitos políticos do mesmo pela prazo de 04 (quatro) anos e a perda da função pública que porventura estiver exercendo quando a sentença transitar em julgado, além de proibir o mesmo de contratar com o poder público pelo prazo de 03 (três) anos.

O Ministério Público acusou o prefeito à época de sua gestão de ter contratado Joel Carlos de Almeida para desempenhar o cargo comissionado de Assessor, enquanto na prática, o servidor exercia a atividade de motorista pessoal do prefeito, a juíza acatou a denúncia e decidiu em 1ª instância pela cassação do prefeito.

 

Vale News PB.

 

Fonte: Paraíba Já