Prefeita de Livramento é acusada de compra de votos; vídeo comprovaria ato

Prefeita de Livramento é acusada de compra de votos; vídeo comprovaria ato

 A prefeita e candidata à reeleição da cidade de Livramento, Carmelita Estevão Ventura Sousa, foi alvo de denúncia ao Ministério Público por suposta compra de votos. Um dos coordenadores da campanha da oposição, Josivaldo Vidal, teria recebido a proposta de R$ 50.000,00 pelo seu voto. Esse valor teria sido repassado por meio de um cheque com data para 03 de outubro do corrente ano, segundo a denúncia.

 

Ainda segundo a denúncia, o emissário do Cheque foi Júlio César Rodrigues, presidente do Sindicato Dos Trabalhadores Na Agricultura Familiar Do Município (Sintraf) e que seria homem de confiança da prefeita. Ele teria levado o cheque no início de setembro e dado um prazo de 15 dias para Josivaldo Vidal dar a resposta se aceitaria a proposta.

A resposta deveria ser dada ao secretário municipal de agricultura, Gleide Maranhão. Neste dia 23 de setembro Josivaldo teria se encontrado com Gleide e dado a resposta, segundo provaria um vídeo incorporado a denúncia.

 

 

A denúncia foi feita ao Ministério Público eleitoral da 27ª Zona e também será feita a Policia Federal. O protocolo da denúncia está em anexo juntos aos vídeos e áudios dos fatos, bem como a cópia do cheque entregue com a garantia da compra do voto.

 

 

 

Wscom