Precipitação de Rômulo Gouveia joga Wilson Santiago no colo de Cássio

Precipitação de Rômulo Gouveia joga Wilson Santiago no colo de Cássio
Política é arte de somar. Compreendendo bem essa expressão, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) já deixou sua estratégia de jogo na mesa do ex-senador Wilson Santiago (PTB) - que confirmou ter conversado demoradamente com o líder dos tucanos, semana passada. Wilson obteve 820 mil votos em 2010 e possui quase 40 prefeitos em sua base política. A decisão precipitada do vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), que anunciou apoio à reeleição de RC, acabou encurtando a distância entre Cássio e Wilson.
Os números comprovam que Wilson não é de se jogar fora, ainda mais quando os candidatos ao governo buscam engordar o tempo de TV, artigo de luxo em qualquer campanha eleitoral majoritária. Além disso,em comparação a Rômulo Gouveia, Wilson Santiago traz novos votos para o senador Cássio. Já Rômulo, tem seu reduto eleitoral em Campina Grande, mesma base eleitoral de Cássio. Portanto, não agrega muito.
Confirmando a aliança com Wilson e mantendo o DEM - de Efraim Morais - como aliado, o senador Cássio, que já tem o PPS e o PEN na aliança, pode terminar com o maior tempo de TV. Outros partidos que também tendem a abraçar a candidatura de Cássio são o PDT e o Solidariedade. O PTB já comunicou que deve tomar uma posição sobre aliança para as eleições logo após o carnaval. (com Kardec)