PR insiste em Wellington, mas aceita indicação de Lucélio para senador

PR insiste em Wellington, mas aceita indicação de Lucélio para senador

O deputado estadual, Caio Roberto (PR), disse que o seu partido continuará defendendo a indicação do deputado federal Wellington Roberto como opção da legenda para o Senado Federal. De acordo com o parlamentar, a tendência é a sigla marche unida ao PSDB ou PMDB nas eleições deste ano. Ele disse, no entanto, que as conversações com os peemedebistas estão mais avançadas.

Caio Roberto disse que o nome do deputado Wellington Roberto é o que possui maior musculatura e menor rejeição entre os pré-candidatos a senador. Segundo ele, apesar de não figurar entre os primeiros nas pesquisas, Wellington Roberto tem um grande potencial, e se for feito um bom trabalho em João Pessoa e em Campina Grande, sua postulação será exitosa.


“O vice-governador Rômulo Gouveia pontua nas pesquisas com 10%, mas está há mais de um ano com seu nome nas ruas, enquanto que o deputado Wellington Roberto aparece com 5, 6% e não lançou o seu nome na disputa”, observou.

Embora reconheça que a prioridade do PR é emplacar o nome do seu pai como candidato a senador, Caio Roberto revelou, com exclusividade ao MaisPB, que o partido não será obstáculo para um acerto com o PMDB, caso o PT emplaque o nome de Lucélio Cartaxo para o Senado.

O deputado disse que a presidente Dilma já sinalizou a preferência de possuir um candidato próprio ao Senado, e que se isso acontecer, o PR respeitará a decisão.


Alexandre Freire - MaisPB