Postos de Saúde da Paraíba podem não receber 1º lote de 'novos' medicamentos para HIV

Postos de Saúde da Paraíba podem não receber 1º lote de 'novos' medicamentos para HIV

Os pacientes com HIV/Aids terão uma novidade a partir de dezembro com medicamentos reformulados no Sistema Único de Saúde. A partir do dia 1º o Ministério de Saúde passa a distribuir para os municípios o ritonavir 100 miligramas termoestável, que não necessita de refrigeração em geladeira. Além disso há um novo comprimido que surgiu a partir da fusão de outros dois medicamentos, é o “2 em 1”.

A coordenadora da seção de DST/Aids, Clarisse Pires, conversou com o portal Paraíba nesta terça-feira (11) e explicou que reformulação traz mais praticidade, já que elimina a necessidade de refrigerar o medicamento, no caso do Ritonavir, e o paciente toma menos comprimidos, no caso do “2 em 1“.

Segundo Clarisse, ainda não é confirmado que a Paraíba irá receber a novidade já em dezembro. “Esse é o 1º lote, a distribuição será feita gradativamente, até ser normalizada”, explicou.

A coordenadora também explicou que o 1º de dezembro marca o Dia Mundial da luta contra a AIDS, e a Secretaria Municipal de Saúde estará na Praça 1817 realizando um programa especial que ainda será definido.

Clarisse também comentou sobre os testes HIV realizado em duas ONGs na Paraíba que é feito a partir da coleta de saliva. “É um teste rápido e indolor. Nessas ONGs é realizado em prostitutas e usuários de drogas. Está sendo bastante aceito”, colocou.

Os testes nas ONGs estão servindo para observar a aceitação do público. Segundo Clarrise, a intenção é que o teste HIV seja realizado nas farmácias.


 


Pedro Callado