Por falta de ambulância, paciente é transferido em caçamba e acaba morrendo

Por falta de ambulância, paciente é transferido em caçamba e acaba morrendo
Um paciente morreu ao ser transferido de um hospital na caçamba de uma pick-up na cidade de Ibiapina, no interior do Ceará, que estava sem ambulâncias e médicos.
 
Na tarde do domingo (13), o paciente Francisco Evanilson Gomes da Silva foi levado em um veículo particular emprestado, conduzido por um parente dele, com duas enfermeiras, balão de oxigênio e soro, mas morreu antes de chegar ao outro hospital onde seria internado.
 
Em contato com o G1, o secretário da Saúde de Ibiapina, Grijalva Parente da Costa, diz que a cidade dispõe de três ambulância, e que no momento em que Francisco Evanilson Gomes chegou ao hospital, um dos veículos estava em reparos e outras duas sendo utilizadas para serviços emergenciais. "Reforçamos que este foi um caso excepcional onde os fatos estão sendo apurados pela administração e providências estão sendo tomadas para que não volte a ocorrer", diz o secretário, em nota.
 
"O médico plantonista do Hospital de Ibiapina havia saído da unidade 45 minutos antes da ocorrência, por exigência do Hospital Polo de Tianguá, para acompanhar paciente em estado gravíssimo, entubado, que se encontrava nesta unidade para o Hospital Regional de Sobral", explica o secretário sobre a falta de médicos na unidade.
 
A imagem da transferência do paciente foi compartilhada dezenas de vezes nas redes sociais, com mensagens de protesto.
 
Um das testemunhas do caso, que prefere não se identificar, conta que foi ao hospital municipal de Ibiapina para um exame de rotina na tarde de domingo, quando chegou um paciente acidentado em uma motocicleta pedindo ajuda no hospital. "Ele [o paciente] estava entre a vida e a morte e precisava ir para Tianguá em busca de atendimento. Minha mãe, ao ver o desespero, pegou o carro e emprestou para ele. Um amigo do rapaz acidentado foi dirigindo, minha mãe não estava bem para dirigir", conta.
 
Francisco Evanilson havia sofrido um acidente de motocicleta na zona rural de Ibiapina. "Ele estava de moto e um carro bateu nele. Ele morreu quando teve queda de pressão, antes de ser colocado em uma ambulância em Ubajara", conta a testemunha do caso. "Pela falta de estrutura, exposto ao sol, na capota do carro, acho que agravou mais ainda o caso", conta.

G1