Por candidaturas, oito deixam cargos na prefeitura de Piancó

Por candidaturas, oito deixam cargos na prefeitura de Piancó
 
Informações de bastidores dão conta que na última sexta (01/04) pelo menos oito servidores que ocupavam cargos de confiança na prefeitura de Piancó pediram exoneração. O motivo alegado é o prazo de desincompatibilização período que o candidato é obrigado a se afastar dos cargos para disputar as eleições.
 
Entre eles, Edvaldo Junior, que deixa o cargo de secretário chefe do gabinete. Ainda não foi definido que substituirá o filho do atual vice-prefeito, Edvaldo Caldas.
 
 
Os outros sete servidores desligados são: 
 
 
Maria de Fátima Militão (Cotil), Superintendente de Unidade de Saúde 
Francisco Neudo Cazé (Tico Paraguai), Diretor de Transportes
 
Wagner Ricardo Leite Brasilino (Waguinho), Diretor de Unidade de Saúde
 
Assindino Artur Azevedo de Lacerda, Diretor de Unidade de Saúde
 
Cícero Fabio da Silva (Cícero de Zé Rico), Superintendente de Unidade de Saúde 
 
Elusimar Rufino Ferreira Jr. (Junior de Elusimar), Coordenador
 
Antonio Wallace Militão, Fisioterapeuta
 
 
Os nomes continuam sendo parceiros da administração, disse um assessor da prefeitura, que optou pelo anonimato.
 
 
 
 
 
Piancó 1