Por 55 a 22, senadores decidem afastar Dilma Rousseff por até 180 dias

Por 55 a 22, senadores decidem afastar Dilma Rousseff por até 180 dias

Por um placar de 55 a 22, os senadores decidiram aprovar o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT). Com a decisão, a petista será afastada por um período de até 180 dias para ser julgada pelo Senado, sob o comando do ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal.

Dilma deve ser comunicada dessa decisão ainda hoje e tem 20 dias para apresentar defesa. A solenidade de posse do vice-presidente, Michel Temer também deve acontecer nesta tarde.

A partir de agora, a comissão especial do Senado procederá com a investigação que poderá levar à saída definitiva da presidente da função.

 

 

 

 

MaisPB