População reclama e vereadores denunciam falta de segurança no trânsito na cidade de Conceição

População reclama e vereadores denunciam falta de segurança no trânsito na cidade de Conceição

Requerimentos e ofícios, além de várias reclamações, por parte de vários vereadores, em sessões ordinárias, sobre a situação em que se encontra o trânsito na cidade de Conceição, já foram feitos. Enquanto isso, a população denuncia a existência de menores, pilotando motos e promovendo “rachas”, em vias públicas da cidade.

As reclamações dos vereadores apontam para o grande risco em que se encontra a população, onde jovens estariam promovendo “rachas” e “empinando” motos, todos os dias na principal avenida da cidade. Segundo o vereador Luis Paulino, que é autor de um requerimento sobre uma Audiência Pública, que ainda não conseguiu ser “formada” pela Câmara, o risco é muito grande para a população, que transita em vias públicas da cidade, sobretudo, para os próprios jovens, que promovem o que ele chamou de “baderna” nas noites da cidade de Conceição.

A Audiência Pública, proposta pelo vereador Luis Paulino, demonstra por parte do parlamentar mirim, a preocupação com a segurança pública, de forma generalizada. “Precisamos tomar uma atitude. A Audiência é necessária, justamente, para debater questões que envolvem as nossas famílias. Nossa cidade vive hoje um clima de medo. Menores, em cima de motos, estão desrespeitando as leis e promovendo desordens em vias públicas, drogas entram todos os dias no município, são pessoas sendo trazidos e mortas na nossa terra e nem sabemos quem são. Estão fazendo “desova” de crimes na nossa cidade. Nós precisamos tomar providências. A Audiência proposta por mim, seria justamente, para isso. No entanto, não consigo vislumbrar a formação dessa audiência, por parte da própria casa. As coisas estão desorganizadas por aqui”, finalizou Luis Paulino.

A maior preocupação, tanto por parte da população, quanto por parte dos vereadores, é com a existência de jovens, usando motos e promovendo "rachas" em vias públicas.

De acordo com o vereador Vicente Ramos, além da falta de equipamentos de segurança, os jovens expõem também a população. Segundo ele, não existe mais segurança e as pessoas estão impossibilitadas de sentarem em suas calçadas, o que sempre foi tradicional, principalmente, na avenida Solon de Lucena, que durante o período noturno, é a mais movimentada.

O vereador disse ainda que tudo isso só vai acabar quando uma tragédia acontecer e houver morte, pois segundo ele, a cidade se encontra sem segurança. “Não existe delegado na cidade, ninguém toma uma atitude, o que me leva a acreditar que tudo isso só vai ter fim, quando houver uma tragédia e um jovem desse matar ou morrer cima de uma moto dessa. Eles fazem de tudo para aparecerem, trocando, inclusive os canos originais das motos e colocando outros que fazem muito barulhos e não deixam ninguém dormir”, ressaltou o vereador.
 

Fonte: Redação do portal Vale do Piancó Notícias