População fecha mais uma vez a BR-361 em protesto contra o DNIT-PB e Audiberg Alves

População fecha mais uma vez a BR-361 em protesto contra o DNIT-PB e Audiberg Alves
Desde às 6h da manhã a BR-361, sentido Itaporanga-Patos, está com trânsito bloqueado devido barricada montada pelo moradores da Comunidade Agrovila Jesus Cristo. Os moradores daquela comunidade, localizada cerca de 4 km de distância da cidade de Itaporanga, reclamam da Superintendência do DNIT-PB a construção de lombadas no trecho da rodovia que passa pela comunidade, bem como, reclamam também do prefeito Audiberg Alves (PTB) a reabertura da escola municipal Adalgiza Marculino de Paulo e a implantação de um PSF - Posto de Saúde da Família.
O presidente da comunidade, Ailton Pedro - também diretor-presidente da Boa Nova FM, afirma que os moradores da localidade estão cansados de serem enganados e que o trânsito na rodovia somente será liberado quando as reivindicações foram asseguradas pelas autoridades constituídas. Este já é o segundo manifesto da comunidade pedindo a construção de lombadas e contra a falta de sensibilidade do atual gestor itaporanguense, que não quer sentar pra dialogar com os moradores. O primeiro foi realizado no mês de junho e como não houve solução os moradores retornaram a fechar a rodovia.
Semanas atrás vário acidentes foram registrados na localidade, inclusive, com vítimas fatais. "Não podemos mais ficar de braços cruzados observando pessoas perderem a vida. Toda semana há registro de acidente nesse trecho. E, por outro lado, pedimos que o prefeito reabra a escola municipal para que nossas crianças não tenham que se arriscar andando pela rodovia...", declarou Ailton. O advogado e ex-vereador Titico Pedro, idealizador dos dois protestos, está no local e espera que haja bom senso para buscar solução do problema.
O protesto conta com o apoio de entidades não governamentais, da Câmara de Vereadores de Itaporanga, da Associação de Vereadores e Câmaras Municipais do Vale do Piancó, de várias igrejas evangélicas e da Funcar - Fundação Cultural Professora Anália Rodrigues, permissionária para o serviço de radiofusão comunitária, Boa Nova 87,9 FM. A Polícia Militar está acompanhando de perto o protesto, garantindo a ordem e segurança no local.
 
Fonte: Ricardo Pereira