Polícias Civil e Militar prendem acusado de matar advogada a pedradas em no Bessa

Polícias Civil e Militar prendem acusado de matar advogada a pedradas em no Bessa

Uma operação conjunta da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Crimes contra a Pessoa (Homicídios), e da Polícia Militar prendeu, na manhã desta quarta-feira (23), André dos Santos Silva, de 31 anos. Ele é acusado de assassinar a pedradas, no bairro do Bessa, em João Pessoa, no mês de fevereiro de 2014, a advogada Cátia Rejane de Oliveira, de 42 anos. Ela foi morta dentro de casa.

Segundo a delegada de Homicídios, Roberta Neiva, as investigações duraram cinco meses e apontavam que André teria invadido a casa da advogada para roubar. “Vamos ouvi-lo melhor e entender como foi esta ação criminosa e o que levou a cometer o assassinato. As diligências e os primeiros depoimentos apontam que seria um latrocínio (roubo seguido de morte). Ele invadiu a residência da advogada para roubar”, disse a delegada.

André dos Santos foi preso na comunidade da Gama, na cidade de Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa. O acusado foi preso por força de um mandado de prisão temporária, expedido pelo 1º Tribunal do Júri da Capital. André será transferido para a Penitenciária Flósculo da Nóbrega (Róger) e ficará à disposição da Justiça.

 

Secom PB