Polícias Civil, Militar e Agentes Penitenciários desencadeiam Operação Renascer, em Patos

Polícias Civil, Militar e Agentes Penitenciários desencadeiam Operação Renascer, em Patos

123394,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Uma operação denominada “Renascer” foi desencadeada nas primeiras horas desta quarta-feira (28), em vários bairros periféricos de Patos. O trabalho foi uma ação conjunta das polícias Civil, Militar, BOPE e agentes do Sistema Penitenciário Paraibano, planejada há quatro meses, tendo também como alvo criminosos que estão recolhidos no Presídio de Segurança Máxima Romero Nóbrega.

Quase 20 mandados de prisão, busca e apreensão foram expedidos pela Vara das Execuções Penais, tirando de circulação criminosos já conhecidos pelos órgãos da justiça, envolvidos em homicídios e tráfico de entorpecentes. As ações percorreram os bairros Liberdade, Morro, São Sebastião, Vitória, além de áreas no Centro, que são consideradas pontos de comercialização de droga.

Foram presos Abidnego da Silva Araújo, 23 anos, conhecido como “Pilim do Brega”, Francisca Maria de Araújo, 42, Maria Joelma da Silva Monteiro, 37, Ritailde Pereira Soares, 60, Ana Hevenyn de Araújo gomes, 21, Millenne de Nogueira Santana e Fernanda Murielly Souto Lima, ambas com 19 anos. Ainda foram apreendidos dois adolescentes de 15 anos.

123393,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Além destes, a operação ainda prendeu em flagrante Caio Pereira Macena, 19 anos, Eliane Pereira Macena, 33, Sebastião dos Santos Gomes, 22, “Tião”, Ana Lúcia da Silva Grigório, 36 e Aldo Simão de Lima, 40, conhecido como “Aldo Gavião, que foi preso com mais de 1 kg de maconha e na sua residência ainda foi encontrada uma rinha de galo.

Cinco pessoas que atualmente cumprem pena no Presídio Romero Nóbrega estão sendo apontadas como “comandantes” dos homicídios e tráfico de entorpecentes. De acordo com informações da Polícia Civil, eles comandavam as quadrilhas, através de ligações telefônicas, originadas dentro da unidade prisional.

José Valdeir Cândido Rodrigues, 23 anos, Rafael Gomes de Sousa, 22, conhecido como “Ferrugem”, Marinalva Maria de Araújo, conhecida como “Nêga Péa” e Alan Izidro de Araújo, o “Nêga Nova”, além de Danilo Silva Gomes, 18 anos, o “Danilo Gago”, principal suspeito de ter assassinado Jeferson Ramon Araújo Pires, de 28 anos, mais conhecido como “Boião”, na praça Edvaldo Motta, no dia 11 de agosto.

Todos estão detidos na 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Patos, para serem ouvidos durante toda esta quarta-feira (28), pelo superintendente Cristiano Jacques e pelos delegados da Delegacia Especializada em Homicídios e Tráfico de Entorpecentes, Elcenho Engel e George Wellington Junior.

Veja alguns dos nomes das pessoas presas que foram divulgados pela Polícia Civil.

Francisca Maria de Araújo, 42 anos

Maria Joelma da Silva Monteiro, 37 anos

Ritailde Pereira Soares, 60 anos

Abdnego da Silva Araújo, 23 anos

Ana Lúcia da Silva Gregório, 36 anos

Annyhenenyn de Araújo, 21 anos

Millenne Nogueira Santana, 19 anos

Fernanda Murielly Souto Lima, 19 anos

Caio Pereira da Macena, 19 anos

Eliane Macena Pereira, 33 anos

Aldo Simão de Lima, 40 anos (ex-candidato a vereador na ultima eleição)

Sebastião dos Santos Gomes, 22 anos

Rafael Gomes de Sousa, 24 anos

José Cândido Rodrigues, 23

Danilo Silva Gomes, 18 anos

Dois menores 15 anos

 

 

 

 

  

Fonte: maispatos.com / Foto: PatosOnline / PortalCorreio com Vitrine Patos