Polícia prende suspeitos de tráfico e roubo na cidade de Pombal

Polícia prende suspeitos de tráfico e roubo na cidade de Pombal

Policiais civis do Grupo Tático Especial (GTE) de Patos, no Sertão paraibano, em conjunto com policiais militares do Destacamento de Sousa prenderam, na tarde desta sexta feira (11), cinco homens suspeitos de integrar um grupo criminoso especializado em roubos, assaltos e tráfico de drogas na Região de Pombal. 

O trabalho começou com a investigação de uma informação anônima repassada para o número 197, Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e Defesa Social (SEDS). De acordo com a pessoa, um grupo estava se preparando para realizar um assalto durante o final de semana. Os policiais começaram as buscas na tentativa de identificar os suspeitos. 

Várias diligências foram realizadas na cidade e no início da tarde desta sexta-feira (11) o grupo foi descoberto às margens de um rio que passa no bairro Popular. Francy Rainy da Costa, 28 anos, Francisco das Chagas Amorim Fernandes, 21 anos, João Paulo Gomes dos Santos, 24 anos, Emanuel de Sousa Marinho, 27 anos, e um homem que ainda não foi identificado, tentaram fugir trocando tiros com a Polícia, mas foram cercados e presos em flagrante. Um dos suspeitos foi atingido por um tiro na perna. Ele foi encaminhado para o hospital onde está sob custódia da polícia. 

Com os suspeitos foram apreendidas três armas, uma espingarda calibre 12, uma pistola 380 e um revólver calibre 38, além de munições e uma máscara usada nas ações criminosas. Todos os suspeitos já responderam processos na Justiça. Francy Rainy e Francisco por roubo e João Paulo e Emanuel por tráfico de drogas. 

"A informação repassada para o 197 foi muito importante para as investigações, ajudou a polícia na identificação dos suspeitos e assim os policiais conseguiram frustrar o assalto que o grupo pretendia fazer na Região", disse o delegado Diego Beltrão, que coordenou a ação. 

A Polícia Civil vai continuar as investigações para descobrir se existem mais pessoas envolvidas com o grupo. Os cinco homens foram autuados por tentativa de homicídio porque atiram contra os policiais, porte de arma e organização criminosa. Eles serão encaminhados para o Complexo Penitenciário PB1 em João Pessoa.

 

 

 

Secom