Polícia prende suspeitos de danificar carro da Secretaria Estadual de Saúde em Patos

Polícia prende suspeitos de danificar carro da Secretaria Estadual de Saúde em Patos

A Polícia Militar, por meio do 3º Batalhão, prendeu na noite desse domingo (8) quatro suspeitos de danificar um carro oficial da Secretaria de Estado da Saúde, no bairro Santo Antônio, na cidade de Patos, no Sertão paraibano. Os policiais chegaram até eles após um dos integrantes do grupo compartilhar fotos nas redes sociais e em um aplicativo de mensagens instantâneas.

De acordo com comandante do Policiamento Regional II, coronel José Ronildo, o autor das fotos é o ex-presidiário Yugo Ruano França Ramalho, que já cumpriu pena por homicídio. Ele foi conduzido até a delegacia juntamente com os suspeitos João Paulo França de Sousa, Cícero Romão Batista Ferreira de Aguiar e Igor Rafhael de Assis Xavier.

“Assim que identificamos a ação do grupo, os policiais do 3º Batalhão foram até o local e tomaram as providências. O carro estava em frente a uma oficina e os integrantes abriram o veículo, colocaram na rua e começaram a beber praticando baderna com o carro”, detalhou o coronel.

O chefe do núcleo de transporte da Secretaria de Estado da Saúde, Wilker Camboim, explicou que o veículo oficial estava em manutenção na oficina, que é credenciada para esse tipo de serviço. “O dono da oficina explicou que o carro tinha ficado na frente porque o estabelecimento estava lotado. Fomos surpreendidos com essas imagens e agora vamos esperar o inquérito policial para que os autores possam responder pelo que fizeram”, destacou.

Os quatro foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil, em Patos, sob a acusação de dano e violação ao patrimônio público.

Operação uso legal – Desde janeiro deste ano, a Casa Militar do Governador (CMG) e a Gerência Executiva de Veículos (Gecov) estão atuando no combate ao uso ilegal de carros oficiais do poder executivo estadual, através da Operação Uso Legal. Os dois órgãos envolvidos contam com amplo apoio da população, que pode denunciar no site casamilitar.pb.gov.br e pelos telefones 0800-083-0094 ou 3216-8030, durante 24 horas por dia. Os carros que forem flagrados nesta situação serão recolhidos pela CMG e o condutor será notificado e responderá processo administrativo.



Fonte: Secom-pb